APSI - Associação para a Promoção da Segurança Infantil

  1. Notícia de última hora
    Um menino de dois anos morreu esta quinta-feira, vítima de afogamento num alguidar com água e roupa suja.

    Esta história não é verdadeira, mas podia ser.

    Agora que temos a sua atenção, imagine que a criança desta história era o seu filho, neto, sobrinho ou uma criança próxima de si. 
    Certamente faria tudo para poder voltar atrás e evitar uma situação como esta.
     

    A prevenção é essencial. Atue agora, antes que seja tarde demais. 
    As crianças merecem a oportunidade de viver e serem felizes.

    Contribua para a segurança infantil. 
    Vamos dar às crianças a certeza de um futuro seguro. 

    A APSI faz parte do programa “Ser Solidário”, organizado pela SIBS. Nunca foi tão fácil ajudar. Porque Ser Solidário é Criar Valor, partilhe com a APSI o seu donativo e contribua para esta causa. Existem duas maneiras de o fazer:

    1. Multibanco -> Selecionar a opção “Ser Solidário” -> Escolher a APSI como instituição destinatária do donativo -> Colocar a importância a doar.

    2. MB WAY -> Entrar na aplicação -> Escolher a opção Transferir Dinheiro -> colocar o nº da APSI (919179119) -> Colocar montante a doar.

    Em ambos os casos é possível a emissão de recibo de donativo para efeitos fiscais.




    A APSI lança hoje a campanha “Ser Solidário é Criar Valor” com o intuito de mostrar às famílias que ajudar nunca foi tão fácil e pode fazer tanta diferença.

    Em média, por ano, a APSI alcança 1900 famílias com aconselhamento especializado, 718 profissionais e 1300 crianças através de ações de sensibilização, ateliers, ações de formação, participação em congressos e aulas de segurança rodoviária. 

    Vamos evitar o “agora é tarde demais”!
    O conhecimento e a prevenção não ocupam espaço. 

  2. Sessões de Esclarecimento - Novas Normas para os Espaços de Jogo e Recreio





    Já sabe o que vai mudar?

    Venha conhecer as novas normas europeias para os Espaços de Jogo e Recreio!

    A APSI e a H. Menezes Risk Vision vão estar por todo o país, nos meses de outubro e novembro, para clarificar as mudanças introduzidas e esclarecer todos os interessados nesta área.

    As sessões têm como objetivo explicar o que muda na prática e responder a questões frequentes como Há novas obrigações para as Entidades Responsáveis? Quais as principais exigências das novas normas europeias? Quando colocar vedações e quais as exigências? A certificação é obrigatória?

    As sessões irão decorrer das 9h às 17h em diferentes localidades como Lisboa, Coimbra, Porto, Cávado, Santiago do Cacém, Faro e Castelo Branco, com um programa organizado em 6 tópicos principais: programa da sessão

    As Normas Europeias para os equipamentos de parques infantis e superfícies de impacto foram revistas e entram em vigor em outubro de 2018. Não perca esta oportunidade para atualizar os seus conhecimentos.

          INSCRIÇÃO

    A inscrição tem o valor de 70,00 € até ao dia 28 de Setembro. Depois desta data a inscrição passa a 85,00€ *

    *O valor inclui documentação de apoio, certificado de formação profissional e coffee break.


    Para mais informações:

    Sandra Ornelas - sornelas@apsi.org.pt | 218844100
  3. A APSI já está no Instagram!
    Agora é ainda mais fácil ter-nos por perto.

    Siga-nos em @apsi.segurancainfantil e tenha acesso a conteúdo exclusivo.
    Na nossa página pode encontrar dicas que são publicadas diariamente, informação sobre as nossas próximas ações de rua e workshops, notícias e muito mais.

    Ative as nossas notificações e não perca nada! São muitas as surpresas que estão a caminho.


  4. APSI lança a mais recente atualização de dados sobre os afogamentos
    Nos últimos 15 anos ocorreram 238 afogamentos com desfecho fatal em crianças e jovens.

    No âmbito da campanha “A Morte por Afogamento é Rápida e Silenciosa”, lançada todos os anos no período de verão, a APSI disponibiliza agora os resultados mais recentes sobre este tipo de acidente.

    Esta continua a ser a 2ª causa de morte acidental nas crianças e os meses de junho, julho e agosto são os mais críticos. Como se sabe, este ano já aconteceram acidentes trágicos em piscinas.

    É muito importante ter em conta que o afogamento é um acontecimento muito rápido, silencioso e que acontece em muito pouca água. Alguns segundos são suficientes para uma criança se afogar. Uma criança pequena afoga-se em menos de um palmo de água. A criança não faz barulho e não pede ajuda: afoga-se em completo silêncio.

    Mais informações.. 


     
  5. Prémio "Os Direitos da Criança em Notícia"




    Promovido pelo Fórum sobre os Direitos das Crianças e dos Jovens e com o apoio do Fundo Cultural da SPA-Sociedade Portuguesa de Autores, o Prémio de Jornalismo “Os Direitos da Criança em Notícia” já está aberto a candidaturas.

    A Edição 2018 pretende reconhecer trabalhos jornalísticos divulgados a nível nacional na Imprensa, Rádio, Televisão e Online, que tenham em conta a promoção e divulgação dos direitos da criança, numa perspetiva crítica, pluralista e inclusiva.

    O Prémio dirige-se a todos/as os profissionais da Comunicação Social com trabalhos desenvolvidos nesta área, que tenham sido publicados entre janeiro e dezembro de 2018. A data limite de entrega é 15 de janeiro de 2019.

    Mais informações e candidaturas..